Registrar-se

Bem-Vindo, Visitante
Você deve se registrar antes de poder postar em nosso website.

Nome de Usuário/E-mail:
  

Senha
  





Pesquisar Fóruns

(Pesquisa Avançada)

Estatísticas do Fórum
» Membros: 483
» Último Membro: gustavocidade
» Tópicos do Fórum: 7,083
» Postagens do Fórum: 124,838

Estatísticas Completas

Usuários Online
Atualmente há 93 usuários online.
» 2 Membro(s) | 89 Visitante(s)
Yandex, Google, RTerror

Últimos Tópicos
Beira Alta Jovial - Loção...
Fórum: Avaliação de pós-barba (tônicos, loções,geis e bálsamos)
Última Postagem: udrako
6 horas atrás
» Respostas: 13
» Visualizações: 2,427
perguntas que tem vergonh...
Fórum: Duvidas
Última Postagem: Gago
, 05:39 AM
» Respostas: 622
» Visualizações: 135,245
Review Blackland Blackbir...
Fórum: Avaliação de aparelhos de barbear (safety razors)
Última Postagem: MotaJV
15-09-2021, 05:48 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 791
Review Simpson Trafalgar ...
Fórum: Avaliação de pincéis
Última Postagem: Gago
15-09-2021, 10:18 AM
» Respostas: 12
» Visualizações: 472
2021
Fórum: Fotografia da semana
Última Postagem: decom
13-09-2021, 10:25 AM
» Respostas: 19
» Visualizações: 1,444
Review Yaqi Raster / Exca...
Fórum: Avaliação de aparelhos de barbear (safety razors)
Última Postagem: exrxgx
10-09-2021, 03:21 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 1,746
Wilkinson BR - Artigo 197...
Fórum: Artigos
Última Postagem: Ricardo2010
08-09-2021, 10:07 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 241

 

Foto Da Semana


Fotografias anteriores

  Review Blackland Blackbird
Postado por: rodrigoqui - 30-08-2021, 10:43 PM - Fórum: Avaliação de aparelhos de barbear (safety razors) - Respostas (12)

Vou começar a fazer uma série de reviews do barbeadores da Blackland que tenho aqui. Vou fazer da Blackbird, Sabre e Vector. Espero fazer da Era num futuro. Não vou fazer da Dart, pois não tenho mais ela e da versão da Tradere da Blackland, pois nunca usei.

Logo antigo (2015-2021): [Imagem: GYNJZ90.jpg]

Logo novo (2021 - ): [Imagem: MDFdnAr.jpg]

Mas antes de começar a falar deles, um pouco da história da Blackland.

A Blackland é uma empresa que produz barbeadores. Normalmente esse tipo de empresa na américa do norte começa de duas formas diferentes. Uma pessoa ou grupo de pessoas que já possuem um equipamento, seja CNC, EDM ou algo do tipo, para ocupar a máquina, produz barbeadores. Por exemplo, Yates, Timeless, Henson... A outra forma comum são empresas que tem ideias de como os barbeadores podem ser feitos de forma diferente, terceiriza a produção de seu desenho e entrega o produto final ao consumidor. Assim são a maioria dos produtores de barbeadores usinados hoje em dia, por exemplo, Blackland, Stirling, Rockwell, Colonial Razors, ATT, Rex, Chiseled Face... A Razorck começou assim, mas adquiriu seu próprio equipamento e hj produz in loco.

A Blackland começou quando o seu proprietário, Shane, procurava algo para poder construir. Pesquisando se interessou pelo wetshaving e começou a fazer esboços de barbeadores, isso em 2014. Depois de uma dúzia de protótipos feitos em impressora 3D ele chegou no que hoje é a blackbird. Ele procurava um barbeador que fosse o melhor possível para retirar a barba dele, que segundo o próprio, é bem densa e grossa, então ele procurava o máximo de eficiência com o máximo de conforto possível. Encontrou uma empresa para construir a versão final e lançou uma campanha no kickstarter. Com a campanha da Blackbird ele conseguiu arrecadar US$23.596 e a produção começou. Em dezembro de 2015 o barbeador começou a ser enviado (curiosamente, sem atrasos, diferente de vários outros projetos em Crowfunding).

Vou colocar aqui algumas imagens da sua campanha no kickstarter:

[Imagem: gz6RB9k.png]
[Imagem: g0YIGJy.png]
[Imagem: b8Cs7fi.png]
[Imagem: iGV29xw.png]
[Imagem: ClCw1dM.png]

A Blackbird tem seu desenho inspirado no avião Lockheed SR-71 Blackbird:

[Imagem: c4pT5KC.jpg]

Inclusive, um dos acabamentos iniciais da Blackbird também era inspirado no avião. Inicialmente o barbeador seria oferecido nos acabamentos Black oxide, que vai se desgastando com o tempo ficando bem legal, e parecido com o do avião e o Brushed, que na verdade era o acabamento Machined que temos hoje. Também eram oferecidos dois tamanhos de cabos, 70 mm e 101 mm. Dessa versão inicial, pouca mudou mudou para a versão atual. Hoje em dia são oferecidos, na versão de aço, apenas os acabamentos Machined e Polida, a black oxide, infelizmente não está mais disponível. O cabo também mudou de tamanho, hoje em dia o cabo padrão dela possui 85 mm, um pouco maior que os 70 do início. O cabo de 101 mm ficou muito tempo sem ser disponibilizado, mas recentemente voltou a ser oferecido.

Por um tempo também foi oferecido o acabamento Jet, que é uma camada preta espelhada depositada sobre a versão polida do barbeador. Fica bem legal, mas hoje também não está mais disponível, embora ainda esteja no site. Segundo o Shane não há previsão de novas Jet. 

Pouco tempo depois do lançamento inicial foi disponibilizada também uma versão Open comb. Então estão disponíveis hoje a versão com Safety bar e a open comb.

Algumas imagens para apresentar os acabamentos disponíveis:

Black Oxide:
[Imagem: glLilq7.jpg]
[Imagem: AxHrmYM.jpg]
[Imagem: PVOSWEk.jpg]

Machined:
[Imagem: l7ikEJS.jpg]

Polida (únicas fotos eu tirei, o resto são da internet):
[Imagem: 6O0CfQL.jpg]
[Imagem: HG2KNrt.jpg]

Jet:
[Imagem: H2OwMyC.jpg]
[Imagem: IUfbprp.jpg]

As duas opções de baseplate:
[Imagem: lbG10lq.jpg]

Em termos de opções de metais, hoje estão disponíveis a Blackbird em aço, titânio e latão. Mas a versão de latão vai ser descontinuada em breve, vão ficar apenas aço e titânio disponíveis.

Blackbird em aço:
[Imagem: F4XxtZf.jpg]
[Imagem: WBG9a2S.jpg]
[Imagem: BV88TpG.jpg]

Blackbird em Titânio (ela é ligeiramente mais escura que a de aço):
[Imagem: GyJY3do.jpg]
[Imagem: eAQGPGK.jpg]

Blackbird em latão:
[Imagem: RxxJ7OA.jpg]
[Imagem: FOYOtUw.jpg]
[Imagem: M0vOubD.jpg]

Com o tempo, caso a superfície não seja polida com frequência começa a aparecer a patina, que é o que muita gente quer com esse metal:
[Imagem: vUjO9Fv.jpg]

A Blackbird é usinada em um CNC de 5 eixos, com o acabamento Machined final feito na própria máquina. Os cantos são chanfrados para não ficarem afiados. Como já deu pra ver nas fotos, o acabamento machined deixa as marcas da unsinagem bastante visíveis, e esse é o visal que mais atrai as pessoas, e é de longe a mais vendida. Os ângulos e faces são todos muito bem definidos. Quando o barbeador é polido, manualmente, um pouco dessas quinas são retiradas. Eu particularmente gosto mais do acabamento machined que a polida, acho mais charmosa. Já tive das duas aqui e apesar da polida ser linda, na mão a machined tem algo que chama a atenção. É realmente muito legal. Aqui em baixo tem dois vídeos que mostram parte da produção do Baseplate e do Topcap.

O baseplate sendo usinado:


Topcap sendo usinado:


Mas bem, vamos parar com esse lenga lenga e vamos começar a falar do barbeador, que é pra isso que vocês estão aqui.

Esse review será sobre a Blackbird com o cabo de 85 mm, acabamento machined e com o baseplate com safety bar. Vou fazer alguns comentários bem breves sobre a polida e sobre o plate OC, mas vão ser pontuais pois não tenho mais eles aqui, então o que vou falar é de memória.

1. Apresentação – A Blackbird hoje é enviada em uma caixa preta com um insert de espuma com o recorte para o barbeador, lâminas (lâminas personna americanas acompanham o barbeador), e, caso seja pedido junto, um segundo plate e o suporte que são opcionais.

Nessa imagem abaixo a caixa ainda tinha o logo antigo, mas hoje em dia elas vão com o logo novo que apresentei no início.
[Imagem: MjLxV54.jpg]

No início era enviada em uma lata, as vezes aparecem imagens dessa embalagem inicial:
[Imagem: xGli7ax.jpg]

A apresentação é boa e adequada ao preço do barbeador. Já vi tanto apresentações melhores quanto piores nessa faixa de preço, então considero que está na média.

2. Preço – São muitas versões, então vou listar aqui.

Blackbird em aço com 1 plate e acabamento machined: US$185
Blackbird em aço com 2 plates e acabamento machined: US$255
Blackbird em aço com 1 plate e acabamento polido: US$235
Blackbird em aço com 2 plates e acabamento polido: US$255 (acho que o preço está errado, mas é o que está lá atualmente, então quem quiser, aproveite)
Blackbird em aço com 1 plate e acabamento jet: US$275 (está disponível no site, mas sem estoque e sem previsão de uma nova leva)
Blackbird em aço com 2 plates e acabamento jet: US$370 (está disponível no site, mas sem estoque e sem previsão de uma nova leva)
Blackbird em latão com 1 plate e acabamento machined: US$185
Blackbird em latão com 2 plates e acabamento machined: US$255
Blackbird em latão com 1 plate e acabamento polido: US$230
Blackbird em latão com 2 plates e acabamento polido: US$320
Blackbird em titânio com 1 plate e acabamento machined: US$300

O principal problema que a Blackland tem enfrentado nos últimos meses tem sido a disponibilidade. O mercado de barbeadores cresceu demais durante a pandemia e a falta de matéria prima impactou na disponibilidade. Estava difícil de conseguir os barbeadores, pincipalmente nas versões polidas. Mas agora parece que deu uma normalizada.  Os cabos não alteram o valor do barbeador, então pode-se escolher entre o de 85mm e o de 101 mm.

É caro. Não dá pra fugir disso. Mas para barbeadores do estilo está na média de preço. Barbeadores usinados, em aço, e feitos no EUA não fogem muito disso. Existem opções mais baratas, como a Yates, mas tb tem diversas mais caras, como a Timeless, Wolfman e por aí vai. Não é a mais barata, mas está longe de ser a mais cara.

3. Construção – O barbeador é muito bem construído, sem folgas ou falhas no acabamento. Já tive 4 exemplares diferentes nas mãos e em nenhum deles consegui encontrar o menor dos problemas. O único detalhe que posso comentar é que, como dá pra ver nas fotos, a versão machined deixa as marcas da usinagem bem aparentes. Não acho uma falha, é uma escolha estética deles, mas para algumas pessoas isso pode ser um problema. Já a polida perde esses chanfros bem aparentes. Hoje, gosto e prefiro esse tipo de acabamento ao polido.

Outro detalhe interessante da construção, que também entraria dentro da montagem do aparelho, é na junção do cabo com o topcap. O cabo tem uma protuberância para frente que entra dentro do topcap. Isso faz com que o encaixe do conjunto seja mais preciso. Mas nem todos os cabos de outras marcas encaixam legal. Alguns tem a boca mais larga e não entram no buraco, outros tem a boca mais fina e entram, mas fica esquisito. Então, no caso da Blackbird basicamente ficamos restritos ao cabo dela. Eu gosto dele então pra mim não é problema, mas tem gente que gosta de trocar de cabos, aí com ela não fica muito legal. A Tatara fez algo parecido com os dela tb.

Aqui a protuberância do cabo:
[Imagem: Un4g3BT.jpg]

Onde ele encaixa no baseplate:
[Imagem: 0phlbJ7.jpg]

Com ele encaixado:
[Imagem: mzOWlCK.jpg]


4. Dimensões e peso – A Blackbird em aço, com o cabo de 85 mm pesa 94 g.

O cabo possui, como já informado, 85 mm e o conjunto todo possui 93,5 mm.

Segundo a Blackland a medida da agressividade do plate SB é de 7 em 10 e a do OC é de 7,5 em 10. Eu particularmente não concordo com esses valores e vou falar mais na frente.

O gap, que nesse caso é uma medida completamente irrelevante, é de 0,58 mm.

A exposição, que é o tanto que a lâmina fica para fora do plano que toca o rosto, é de 0,101 mm.

5. Manuseabilidade – Ela é uma SR pesadinha, mas nada demais. O peso não é algo que chegue a atrapalhar aqui. Outro detalhe é que como a lâmina fica muito exposta, é bastante fácil acertar os locais no rosto, difícil de errar alguma posição e fácil de encaixar debaixo do nariz por exemplo. Ela tem um conjunto baseplate + topcap altinho, que deixa ela mais pro lado das espessas. Então essa facilidade de acertar é mais mérito da posição da lâmina que do tamanho do conjunto. Quando vc usa uma SR realmente compacta, como a Vector por exemplo, dá pra entender como isso pode ajudar, embora não veja nenhum problema na Blackbird nesse sentido. A concorrente direta dela é a Timeless, e no caso da Timeless, tanto o peso quando o tamanho do conjunto basplate + topcap acabam dificultando um pouco o uso. Então considero a Blackbird até bastante boa nesse sentido.

Eu não tenho problemas com o cabo escorregando. Apesar de não ter estriagem no cabo, não sinto falta de grip, principalmente na versão machined. Os dedos meio que vão entrando nos sulcos do cabo e ficam bem travados. Na machined tem quase que uma sensação de serrilhado, não escorrega de jeito nenhum, cola mesmo na mão. Mas a polida, apesar de não ter essa sensação, também não passa insegurança.

6. Cabeçal e agressividade – Ela é uma SR agressiva. Não dá pra negar isso. Mesmo o gap sendo pequeno, com apenas 0,58 mm, a agressividade é significativa. Ela deixa claro o porquê o gap não é um bom parâmetro para medir agressividade. Mas ela também não é uma assassina sanguinária. Ela é tranquila de se usar, só exige respeito.

Gosto de comparar ela com a R41. Pra mim ela produz um resultado bastante equivalente (eu acho o resultado da Blackbird até melhor na verdade), mas é significativamente mais suave.

Ela possui um exposição razoavelmente positiva e isso fica claro durante o uso. Vc sente a lâmina em contato o tempo todo. A Blackbird não é um dos barbeadores que esconde a lâmina ou que se possa barbear no piloto automático, tem que estar atento, ela não desliza muito bem, ela se arrasta. Mas aí vem um detalhe sobre ela. Você sente a lâmina à espreita o tempo todo, mas depois que ela passa ela não faz estrago na pele. O nível de agressão dela com a pele é bem menor que o esperado pela sensação de lâmina que ela tem. E isso que é o bacana dela. Ela é agressiva, mas o resultado, na pele é menos agressivo do que o esperado. Usando a mão leve ela premia com um resultado brilhante. Mas mão leve aqui é essencial por um detalhe curioso.

Ela não desliza suavemente pelo rosto, já falei isso. Várias pessoas relatam isso. E tem gente que coloca a culpa no acabamento. Eu pensava ser isso tb. Aí usei a Blackbird polida. A sensação de arrasto estava lá. Usei a Machined, a sensação estava lá. Usei a de titânio, a sensação estava lá. Eu já usei vários barbeadores diferentes com vários acabamentos diferentes, a sensação da Blackbird é diferente. Enquanto ela está passando ela não escorrega fácil, vc tem que levar ela, vc sente a lâmina cortando o tempo inteiro. Tinha a mesma sensação com a R41 e por isso pensei numa possível explicação, que acho plausível. Quando a lâmina dela passa pelo rosto, ela vai tão fundo que tira a camada de pelo, obviamente, mas também a de sabão que protegia a pele. Pra mim ela vai tão fundo que ela limpa o rosto, literalmente. Quando vc passa o dedo depois dela passar em algum lugar é perceptível que tem menos sabão pra trás que com outros barbeadores. Então, acaba que ela não escorrega muito pelo rosto. E isso que passa a sensação de ter muito blade feel.  Eu sinto que ela agride menos o rosto que seria esperado e acho que é justamente por isso. Por ela limpar o rosto tão bem ela acaba passando uma sensação de lâmina maior que a realidade. E isso pq apesar da exposição de lâmina dela de 0,101 mm não ser pequena, não é tão grande assim tb. 

Como ela se arrasta pelo rosto, se a mão não for leve ela faz estrago. Aparecem muitos pontos de sangue e irrita a pele sem dó. Mas com a mão leve ela é bem de boa mesmo. Ela exige um controle mais apurado da SR. Mas nada de outro mundo tb, é só saber dosar o tanto que vc tem que colocar de pressão para puxar ela pelo rosto e não passar do ponto.

Utilizando ela com o devido respeito leva a resultado excepcionais. 

7. Mudança de lâmina – Normal de barbeador de 3 peças. Mas um detalhe curioso. Muita gente relata que ela as vezes quebra a lâmina, devido a curvatura. Então tem que ficar atento a isso. Eu nunca tive esse problema. Nunca aconteceu comigo e já usei ela bastante. Mas é algo que é relatado com certa frequência, então não vou deixar de citar.

8. Considerações – Muitos barbeadores chegam próximo a ela, mas nenhum é igual. O resultado que ela oferece é realmente sensacional. Eu não preciso disso tudo. Por isso, várias Blackbird já passaram pela minha mão. Eu gosto demais dela, mas não uso tanto. Acabava vendendo. Me arrependia e pegava de novo. Não vou mais cometer esse erro.

Ela é realmente um barbeador ímpar. Ela limpa o rosto de tal forma que chama muito a atenção. Eu, muito frequentemente (quase sempre), me barbeio a noite. Gosto mais assim. Mesmo me barbeado a noite, com ela, no outro dia, até a hora do almoço, o rosto está praticamente com BBS. Só ela e a R41 fazem isso comigo. A Vector chega muito perto, muito mesmo, mas a Blackbird ainda ganha nisso por pouco. Eu nuca tive um barbear tão profundo quanto a Blackbird me dá. Mas eu não uso ela todos os dias. Consigo usar um dia, dois dias, no terceiro a pele já tá começando a pedir arrego. Três dias seguidos é o máximo que consigo ir com ela sem forçar muito o rosto. Ela é uma SR agressiva, então tenho essa consciência.

Não gosto dela com lâmina pouco afiada, ela exige lâmina afiada. Mas com a feather é banho de sangue garantido. Então gosto dela com todas lâminas afiadas menos a Feather! Rs Não gosto da Feather, então isso não diz muito.

A Blackbird, pro dia certo, é majestosa. Produz um resultado incrível. Mas, pro meu rosto, não é pra todo dia. No dia que Casei usei ela. No dia da defesa de tese, usei ela. Pros dias que quero aquele algo a mais é nela que vou.

Se o barbeador ser muito suave não for uma exigência, se o que vc quer é um resultado excepcional, a Blackbird é um barbeador a se prestar atenção.





Vou fazer aqui alguns comparativos breves.

Machined x Polida
Gosto mais da sensação da Machined no rosto. Acho que a polida agarra ainda mais. Mas é gosto...

SB x OC
O plate OC é mais fino que o SB, a exposição da lâmina é maior. Eu não preciso de nada a mais que a SB, então acaba que a OC, para mim, aumenta a agressividade, sem me dar mais eficiência. E a Blackbird SB lida com barba de vários dias com facilidade, não precisa do OC pra isso.

Aço x Titânio
A Blackbird de titânio é mais leve, só isso. Mas isso é muito! Como ela é mais leve, aproximadamente a metade do peso, ela “afunda” menos no rosto. Acaba por passar um sensação e suavidade um pouco maior, com o mesmo resultado. E a de titânio é mais quentinha, não que isso faça diferença... Gosto muito das duas e não consigo ainda escolher qual prefiro.

Imprimir este item

  Blackland Sabre
Postado por: Thony - 29-08-2021, 12:52 AM - Fórum: Avaliação de aparelhos de barbear (safety razors) - Respostas (8)

   











1. Apresentação: O Produto  vem numa caixa de papelão, muito bem bem acabada (e de bom gosto), e com o berço para acomodação da safety razor em espuma. Acompanha 3 lâminas GEM.



   











2.Fabricante: Blackland Razor


3. País de Origem:Estados Unidos

4. Preço: 185 USD com 1 baseplate ou 250 USD com 2 Plates mais os portes.

5. Construção: Construida em aço inoxidavel 303L,  por CNC

6. Caracteristicas : Detalhes do produto:
-Barbeador de tres peças
Agressividade: Nível Um - 4/10. Nível Dois - 5,5 / 10
Folga da lâmina: Nível Um (L1)- 0,6 mm. Nível Dois (L2) - 0,9mm
Ângulo de corte ideal: 20-40 °
Peso: 111g, Cabeça: 33g
Comprimento do cabo : 85mm
Material: Aço inoxidável 303
Usinagem: Illinois
Acabamento: Califórnia e Ohio
* Dados fornecidos pelo site do fabricante.
   











7. Troca de lâmina: Se faz como numa SR de 3 peças, encaixa se a lamina e se rosqueia o cabo.Muito facil.


8. Cabeçal: De perfil baixo , encobre as laterais da lâmina.
Apesar do tamanho não oferece dificuldades para manobrar em areas apertadas
   








9. Recomendação: IMMO, Recomendo este produto

10. Comentários: Barbeador muito bem construído, em aço 303, por CNC , tendo cabeçal com baixo perfil.
Maquina de 3 peças.
Fabricado nos Estados Unidos, pela Blackland, é um barbeador que une qualidade de construção com a suavidade das lâminas GEM.
Excelente ergonomia e usabilidade.
Fiquei pósitivamente surpreendido com a suavidade e facilidade de achar o angulo (neste caso foi intuitiva), angulo este diferente do que usamos em DE.
Fiquei fã das single edge estilo GEM após esta experiência (até hoje não as conhecia).
O cabo da Sr, com design moderno, tem uma tendência  a ficar escorregadio se tivermos sabão nas mãos.
Em minha rotina diaria de barbear, senti a suavidade unida a eficiência com o plate L1 , dando um barbear excelente sem acidentes de percurso.
Este plate L1 alia suavidade, eficiência e certa permissibilidade, com conforto que por analogia é igual ao que tenho numa EJ DE89 ou a tatara Masamune.

Ao experimentar o plate L2, senti aumento da agressividade (e de exposição de lâmina), porem de forma confortavel, entretanto se perde a permissibilidade do L1. Mesmo assim, tive barbeares confortáveis com este plate.
As lâmina single edge GEM são muito confortaveis, e duram muitas barbas (na testada cheguei a 10 usos e a usarei mais).
Enfim, a Sabre une o moderno design com a eficiência vintage das GEM.
É uma SR bonita, ressalvando que "beleza é um termo subjetivo, depende dos olhos de quem as vê".
IMMO, prefiro o plate L1 , mais permissivo e confortavel que o L2, ressalvando que ambos me proporcionaram BBS com 3 passagens.
Uma particularidade: no meu imaginário, estas lâminas GEM eram grandes, porem, ao ve-las lado a lado, notei certa similaridade de tamanho com as DE.
Confira na foto comparativa abaixo.
   









Fotos Extras:

   


   

Imprimir este item

  Review Simpson Trafalgar T3 Sintético
Postado por: eduardo - 27-08-2021, 08:38 AM - Fórum: Avaliação de pincéis - Respostas (12)

[Imagem: NHkFtKY.jpg]
Simpson Trafalgar T3 Sintético


Pincel com cabo feito em resina, bastante ergonômico, com nó denso de 30mm e loft 57mm, bem diferente dos 26x50 informados no site da marca. As fibras sintéticas são de qualidade Sovereign, diferente das fibras Platinum Grade usadas no Chubby 2 Sintético, os que conhecem ou tem os dois pincéis dizem que as fibras Sovereign não são tão macias quanto as do Chubby, mas ainda assim são muito confortáveis. Lado a lado com os Plissoft, achei as fibras do T3 um pouco menos macias, talvez pelo backbone quem sabe.

Possui um glue bump médio, tem um backbone mais presente e não abre tanto se comparado com os sintéticos da RazoRock e Maggard que experimentei, para usá-lo com movimentos circulares é necessário uma pressão extra contra o rosto. Serve bem para cremes e, principalmente, sabões devido ao seu loft mais curto, com pouco tempo de carga já temos um pincel bem carregado. É um nó que não retém tanta água, então tive que usar água mais vezes enquanto vazia a espuma no bowl para ter uma espuma densa e úmida. A secagem é bastante rápida, alguma demora pode se dar devido ao nó um pouco mais "fechado".

Para um pincel considerado "barato" para um Simpson, encontrado em média por $25, é uma ótima opção de sintético, tem backbone para gosta de cerdas mais firmes mas também pontas macias. Mesmo para mim, que gosto de pouco backbone, esse pincel agradou.

Seguem algumas imagens para a comparação do Trafalgar com outros pincéis...



[Imagem: VIRx7KC.jpg]

[Imagem: K0nYhm8.jpg]
Maggard 22mm, Maggard 24mm, RazoRock Big Bruce 26mm, Simpson Trafalgar T3


[Imagem: rb4whBu.png]

[Imagem: qqKmpR9.png]

[Imagem: 7NwS5Gi.jpg]
Fabricação dos pincéis


[Imagem: DiPXgGg.jpg]

Imprimir este item

  Restauração de aparelho antigo
Postado por: lucascosta - 26-08-2021, 07:27 PM - Fórum: Aparelho de Barbear ( Safety razor) - Respostas (12)

Olá companheiros, recebi hoje de um amigo fotos de um SR que ele achou na casa dele e diz ter pertencido ao avô dele.
Como ele usa aparelhos descartáveis ainda e só conhecia eu neste meio do barbear clássico, perguntou se eu poderia restaurar o aparelho para ele.
Não tenho experiência com restaurações, alguém daqui tem dicas para mim? Seguem algumas fotos que ele me mandou.
Obs: enviar para outros países para restaurar está fora de cogitação para ele

[Imagem: 0426d50087804f23985137acba20c8c4.jpg][Imagem: 8bab228d60c5bf362c3ba4342a0dcc60.jpg][Imagem: c0154425cf29469eb5c2608c1d29ded1.jpg]

Imprimir este item

Lingua:
Tema: