Registrar-se

Fábrica egípcia de lâminas aposta no mercado do Brasil
udrako
O PsiquiATRA
******
administrators

Posts: 16,915
Juntou-se: May 2015
Reputação: 14
#1
11-09-2016, 11:54 PM

http://www.anba.com.br/noticia/21872474/...do-brasil/

31/08/2016 - 07:00hs

Fábrica egípcia de lâminas aposta no mercado do Brasil

Lord International produz aparelhos de barbear e para depilação e tem no Brasil um dos seus maiores clientes. Na feira Private Label, executivo afirmou que País tem espaço para mais marcas no setor.

São Paulo - A fabricante egípcia de aparelhos de depilação, barbeadores e lâminas de barbear Lord International está em busca de novos clientes no Brasil. Com foco principalmente nos clientes de produtos com marca própria, a empresa participou nesta semana da feira Private Label, realizada na segunda-feira (29) e nesta terça-feira (30) no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. De acordo com o subgerente de Exportação da Lord, Yasser Hussein, o Brasil é um dos principais mercados da companhia e oferece oportunidades de crescimento no longo prazo.

Por meio do private label (marca própria, em inglês) uma empresa cria uma marca e o design de um produto e encomenda para que outra companhia fabrique esse produto. É muito comum no setor de vestuário e também adotado por supermercados.

Produtos da Lord: diversas marcas sob encomenda

No Brasil desde 1990, a Lord vende tanto produtos com o seu rótulo como com os de outras empresas. É o que ocorre com as marcas Fiat Lux, Maxxi e Superbarba. “Sabemos que o Brasil passa por uma crise e não esperamos crescer aqui neste ano. Há, contudo, boas perspectivas no médio e no longo prazo, pois a economia e o mercado brasileiros são muito fortes”, afirmou Hussein. Ele não divulgou dados de exportações, mas disse que em 2013 a empresa enviou 100 contêineres de 40 pés ao Brasil e sua atuação no País cresceu desde então.

“Acreditamos no potencial do Brasil porque, apesar de o país ser grande e com economia desenvolvida, ainda há poucas marcas do setor aqui. Há duas muito grandes e conhecidas, mas muito espaço para outros concorrentes e podemos explorar esse espaço”, afirmou.

Alemanha, México, países árabes, Ásia central, Brasil, Japão e Europa são os principais destinos das 3,3 bilhões de lâminas produzidas atualmente. A fábrica da Lord fica em Alexandria e de lá tanto os produtos customizados como aqueles com a marca da empresa são exportados a 95 clientes em 75 países.

“Marca própria é um excelente negócio para as empresas, pois reduzem encargos. Além disso, atuamos de forma diferente para os negócios com marca nossa e para aqueles com a marca dos clientes”, disse Hussein. No Brasil, afirmou, os principais produtos vendidos pela empresa são os aparelhos de barbear com duas lâminas e as lâminas para barbeadores. “Temos boa participação de mercado com as lâminas pois elas podem ser substituídas diversas vezes e colocadas em um mesmo aparelho. Ideal para um mercado ainda com baixo poder aquisitivo, como o do Brasil”, disse o executivo.

A Private Label reuniu mais de 20 fabricantes de produtos com marca própria do Brasil, Itália, Holanda e Reino Unido, além da Lord. Entre os setores estavam presentes o de alimentos, cuidados pessoais e vestuário, entre outros.


################################


Empresa egípcia busca clientes em feira no Brasil

11 de agosto de 2016

Fabricante de lâminas para barbear, a Lord International estará na exibição Private Label, que ocorre em São Paulo nos dias 29 e 30. Companhia já atende clientes no País.

São Paulo – A Lord International, fabricante egípcia de lâminas para barbear e depilação, irá participar da feira Private Label, que ocorre nos dias 29 e 30 deste mês na capital paulista. O objetivo é buscar novos clientes no País, onde a companhia mantém negócios desde o final dos anos 90.

A indústria produz e comercializa lâminas para homens e mulheres com suas marcas: Lord, Big Ben, Asco, Silver Star, Racer, Shark, Crown e Rainbow, além de exportar lâminas para serem vendidas com as marcas próprias de seus clientes.

“Queremos expandir no Brasil e encontrar novos clientes em potencial”, afirma Mahmoud Shawky, chefe da divisão de exportação da Lord. É a primeira vez que a empresa participa desta feira.

Shawky conta que a indústria tem cerca de cinco clientes no Brasil. Segundo o executivo, a Lord exporta lâminas ao mercado brasileiro com suas marcas e também com as marcas próprias das empresas a que atende no País.

Por ano, a indústria fabrica sete bilhões de lâminas, das quais 75% vão para o mercado externo. Brasil e México são os principais destinos de exportação da empresa egípcia, diz Shawky, sem revelar a quantidade embarcada. A Lord vende ainda para os Estados Unidos, Trinidad e Tobago, Venezuela e diversos países na Europa, Ásia e África.

Mesmo já tendo o Brasil como um de seus principais mercados, Shawky acredita que há espaço para aumentar os negócios. “Estamos planejando fazer isso. Queremos expandir o mercado para aumentar nosso volume de exportação para o Brasil”, diz.

A Lord foi fundada em 1930 e tem sede na cidade de Alexandria. A indústria fabrica aparelhos com sistemas de lâmina dupla, simples, tripla e gêmeas, cartuchos, aparelhos descartáveis e outros produtos de barbear. A empresa conta com cinco mil funcionários.

Serviço e contato

Lord International
Site: www.lordshave.net
Tel.: +20 3 38 15 111
E-mail: export@lordshave.com

Responder
Gago
Árco, tárco, ou verva?
****

Posts: 7,959
Juntou-se: May 2015
Reputação: 35
#2
12-09-2016, 01:32 AM

Alá salve a Lord =P

[Imagem: 36031087066_30e30480d6_m.jpg]
VISITE NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

Responder
udrako
O PsiquiATRA
******
administrators

Posts: 16,915
Juntou-se: May 2015
Reputação: 14
#3
12-09-2016, 01:38 AM

Quem sabe - se der certo e eles não recuarem diante da roubalh....oppsss... carga tributária e picaretag...digo...burocracia - não incentiva outras empresas de olho na concorrência?

Responder
Caramelo
Pegando uma Brisa
****

Posts: 3,440
Juntou-se: May 2015
Reputação: 0
#4
12-09-2016, 06:50 AM

(12-09-2016, 01:38 AM)udrako Escreveu: Quem sabe - se der certo e eles não recuarem diante da roubalh....oppsss... carga tributária e picaretag...digo...burocracia - não incentiva outras empresas de olho na concorrência?

Normalmente as empresas quando querem se estabelecer no Brasil, abrem uma fabrica (no Brasil), para evitar essas "burocracias". É o que ouço dizer...

Responder
oversaturn
Semogueiro
**

Posts: 855
Juntou-se: May 2015
Reputação: 1
#5
12-09-2016, 07:22 AM

[Imagem: praise-the-lord_o_731183.jpg]

Big Grin

- Emanuel

Responder
udrako
O PsiquiATRA
******
administrators

Posts: 16,915
Juntou-se: May 2015
Reputação: 14
#6
12-09-2016, 11:43 AM

(12-09-2016, 06:50 AM)Caramelo Escreveu:
(12-09-2016, 01:38 AM)udrako Escreveu: Quem sabe - se der certo e eles não recuarem diante da roubalh....oppsss... carga tributária e picaretag...digo...burocracia - não incentiva outras empresas de olho na concorrência?

Normalmente as empresas quando querem se estabelecer no Brasil, abrem uma fabrica (no Brasil), para evitar essas "burocracias". É o que ouço dizer...

Oh sim, por vezes ocorre isto. Em alguns casos - p.ex - fabricas meio que ficticias, pois recebem o material pronto e só o embalam. Neste caso, como não são asl's, sabões e sim aparelhos de barbear, lâminas e coisas do genero, facilita a coisa. Smile

Responder
udrako
O PsiquiATRA
******
administrators

Posts: 16,915
Juntou-se: May 2015
Reputação: 14
#7
12-09-2016, 11:43 AM

(12-09-2016, 07:22 AM)oversaturn Escreveu: [Imagem: praise-the-lord_o_731183.jpg]

Big Grin

O esquilhinho ficou engraçado Big Grin Big Grin

Responder
Rafael Maia
Surfista ponta prateada
***
Super Moderators

Posts: 1,119
Juntou-se: May 2015
Reputação: 3
#8
12-09-2016, 11:45 AM

Excelente notícia. Não são minhas lâminas preferidas mas estão longe de ser ruins.

Responder
Alexandre Araújo
Tateando o Thater
***

Posts: 1,237
Juntou-se: Nov 2015
Reputação: 5
#9
12-09-2016, 02:20 PM

Excelente!!!

Salve!!!!

Responder
Dom Kipper
Sensor
*

Posts: 22
Juntou-se: Jan 2019
Reputação: 0
#10
05-04-2019, 01:53 PM

Comprei um pac da lord Platinum estou testando !!!

Responder



Lingua:
Tema: