Registrar-se

Sobre molhar ou encharcar o sabão
mbarreto
Batil essa espuma
*

Posts: 154
Juntou-se: Feb 2017
Reputação: 0
#1
17-02-2019, 07:58 PM

Independente se fica mais fácil ou não para carregar o sabão, se você gosta de usar a água que fica sobre o sabão como um pré, se só molha o triple milled e o crop não... a minha dúvida é se é prejudicial ao sabão ou não, é?

- Alguns dizem que com o blooming pode infiltrar água, o sabão não seca, mofa, estraga e tal.
- Dizem também que perde o cheiro mais rápido. 
- Outros comentam que não gostam de molhar e não lavam o pote depois de carregarem o pincel, mas aí deixam/guardam com espuma? Isso sim não me parece interessante.
- O pincel úmido já não molha o sabão? (ok, só umedece). 
- Já vi algumas fotos de confrades que não molham o sabão e os potes estão bem limpos, ora, como mantém os potes sem espuma se não lavam, pois no próprio carregamento se cria o mínimo de espuma.

Gostaria de saber mais como procedem com isso.

Responder
Joabi
Enox(idável)
**

Posts: 634
Juntou-se: Jul 2017
Reputação: 4
#2
17-02-2019, 09:08 PM

Eu coloco o pote de ponta-cabeça embaixo da torneira. Lavo por fora, sem molhar muito o sabão. Deixo secar por algumas horas antes de tampar.

Isso para os crops, tipo os Proraso. Os pucks duros tenho usado direto no rosto, feito stick, e estou me dando muito bem com esta técnica. Molho o puck e esfrego por todo o rosto, e dá-lhe pincel.

Responder
Sergio Donnini
Enox(idável)
**

Posts: 590
Juntou-se: Jun 2018
Reputação: 2
#3
18-02-2019, 11:37 AM

Eu molho as pontas das cerdas do pincel, carrego o sabão no pote e trabalho a espuma no bowl.

Depois eu lavo o sabão com água corrente, tampo e fecho. Até hoje nunca tive nenhum problema.

“Esperar que a vida lhe trate bem porque você é uma boa pessoa, é como esperar que um tigre não te ataque porque é vegetariano.” (Bruce Lee)

Responder
Thony
Tateando o Thater
***

Posts: 1,226
Juntou-se: Jul 2017
Reputação: 2
#4
18-02-2019, 12:08 PM

Tb faço como o Sergio, deixo pinceld e molho em agua uns minutos, escorro o excesso, e carrego o sabão, ao final, sempre passo agua corrrente no sabão para limpa lo.

As coisas sempre parecem impossíveis até que sejam feitas -  Nelson Mandela


Responder
jlcarneiro
Filarmônica de São Paulo
**

Posts: 462
Juntou-se: Nov 2017
Reputação: 0
#5
18-02-2019, 01:39 PM

Faço mais ou menos o mesmo. Só não lavo o sabão: até uso parte da espuma como pré-barba (passo com o dedo, antes do pincel), mas o que sobrar no pote, fica lá.

Apenas deixo aberto de um dia para o outro para secar...

Enviado de meu ASUS_Z01KD usando o Tapatalk

Responder
Foguinho
Até tu Brut
****
Super Moderators

Posts: 2,924
Juntou-se: Jun 2016
Reputação: 15
#6
18-02-2019, 02:51 PM

Eu faço o seguinte:

- Molho o sabão com algumas gotas de água, deixando um leve filme de água sobre o sabão.
- Depois de escorrer o excesso de água do pincel, carrego com sabão, e a espuma que fica eu retiro com os dedos e espalho no meu rosto.
- Ao termino do barbear, se o pote ficou com espuma nas bordas, viro ele de cabeça para baixo e lavo o pote com pouca água. Seco o pote deixo e deixo o sabão secar durante o dia na pia antes de tampa-lo e guarda-lo.

Antes realizava blooming no sabão e hoje não vejo mais necessidade deste método.

    [Imagem: 339_MS_Logo.png]



Responder
udrako
O Ikonoclasta
******
administrators

Posts: 16,307
Juntou-se: May 2015
Reputação: 14
#7
18-02-2019, 03:55 PM

A unica coisa que faço com os poucos sabões e sticks que tenho é:

a) Retiro uma pequena porção do pote/embalagem original e a fecho novamente.
b) Coloco a porção em um pote de requeijão danone.

Pq? O original fica lacrado e preserva seu aroma e evita sua degração pelo contato com ar, a quimica da agua, etc.

++++

Quanto ao uso, não faço nenhum malabarismo.

Apenas deixo o pincel de molho, vou fumar um cigarro.
Volto, espremo as cerdas para tirar o excesso de agua e carrego o sabão/stick que esta lá no potinho.
Tampo o potinho e o guardo. Como a porção no potinho também é pequena, não há tempo para degradar ou perder o aroma.
Faço a espuma no bowl.

Responder
MotaJV
Desejo de raspar
****
Super Moderators

Posts: 2,620
Juntou-se: May 2015
Reputação: 4
#8
18-02-2019, 06:17 PM

Eu tenho feito fidelidade há bastante tempo, de forma que pouco impacta esta questão.

Pego um sabão e uso-o até o fim.

Quando eu revezava, escorria o excesso de água e deixava o pote aberto até o dia seguinte. Só depois fechava e armazenava.

Nunca tive sabão mofado, mas todos perderam um pouco a força do aroma, mesmo aqueles que fidelizo.

Para carregar o sabão, coloco um pouco de água nele e escorro muito bem o pincel. Carrego por uns 30 a 60 segundos conforme o sabão e pincel, raspando suavemente, sem criar espuma, meio que semelhante ao método italiano, mas usando menos água.

Depois vou para a tigela e termino de construir a espuma, acrescentando água se necessário.

Não tem erro, funciona com qualquer sabão / pincel.

"Pessoas que são boas em arranjar desculpas raramente são boas em qualquer outra coisa" - Benjamin Franklin

Responder
rodrigoqui
Num Affair com a Wilkinson
****
administrators

Posts: 2,483
Juntou-se: Aug 2015
Reputação: 15
#9
18-02-2019, 07:46 PM

Eu sou um que evito agua o máximo que posso.

Para carregar eu começo com o pincel mais seco, e vou até ficar satisfeito. Se achar que preciso de mais água pingo algumas gotas nas pontas do pincel e continuo carregando. Dessa forma nunca fica muita água sobre a superfície do sabão. Quando estou satisfeito retiro o excesso de espuma que fica no sabão e coloco no rosto. Se já esta pronta pra que desperdiçar? Se por um acaso faço bagunça e espalho muita espuma limpo por fora com água, mas nunca por dentro. O que sobra depois por dentro é bem pouco e rapidamente seca.

Depois de usado deixo secando aberto até ficar satisfeito. Normalmente de 12 a 24 hrs.

Eu não coloco nunca água sobre a superfície do sabão, seja para amolecer ou algo do tipo. Não faço pois não gosto da ideia e sinceramente nunca vi vantagem nisso para mim. Já fiz vários testes, usei de todas as formas possíveis e nunca vi nenhuma vantagem nisso. Ao fazer isso vou economizar 5-10 segundo de carregamento... Sinceramente prefiro carregar 5-10 segundo a mais. Mas isso é para o meu uso e forma de me barbear. Para outras pessoas o efeito pode ser bem diferente e pelo que já lí, é.

Mas falando mais sobre o assunto, por que sou tão chato com água?
Por que existe uma possibilidade (remota ou não dependendo da situação) de atrapalhar meu sabão. Eu prefiro evitar isso, então reduzo ao máximo o contato do meu sabão com água.
Gostaria de fazer igual ao Ulysses e outras pessoas por aqui que retiram um pedaço do sabão e colocam em outra vasilha, mas minha paciência não chega a tanto. Então não faço por preguiça e não por falta de vontade.

Porque água me incomoda tanto?
O acumulo de água PODE (PODE não significa que vai, apenas que pode) vir a ser prejudicial ao sabão por algumas razões. A primeira é interferindo na estrutura do sabão e a outra é facilitando que estrague, seja por oxidação ou outro processo. Vou tentar explicar um pouco aqui então o porque.

A primeira é mais fácil de entender. Se eu coloco água na superfície do sabão ele amacia certo? Algumas pessoas colocam justamente por isso. Se ele está amaciando é por que um processo ocorreu na sua superfície e a água adicionada começou a solubilizar uma porção do sabão. Esse é um processo simples e rápido e não tem nada de mais. Depois de usar, é só deixar secar que fica OK. Acontece que com o tempo (muito tempo) isso pode ocasionar uma alteração na composição da superfície (ou do fundo) do sabão. O sabão é uma mistura de ácidos graxos, saponificados ou não, óleos saponificados ou não, óleos essenciais e mais diversas outras coisas. Cada coisa dessas tem solubilidades diferentes (muito diferentes na verdade) e a água consegue dissolver ou pelo menos amolecer quantidades diferente de cada componente do sabão com o tempo. Isso não acontece tão rápido assim, só de molhar a superfície do sabão por exemplo, longe disso. Mas se deixar ele molhado por muito tempo com o tempo isso pode acontecer. Pode acontecer um deslocamento de alguns componentes específicos da composição e pode ser criado um gradiente deles na superfície do sabão. Para quem usa muito o mesmo sabão talvez tenha percebido que no fim da vida dele até a textura começa a mudar um pouco. Mas como disse isso acontece com uma exposição prolongada à agua e não só de molhar a superfície. Nesse caso estou falando de usar e já guardar molhado. Outra coisa que acontece com o tempo é o sabão ir reduzindo de tamanho. Com isso as bordas começam a ficar com espaço e a água pode escorrer por trás do sabão e acumular em baixo dele. Aí fica meio difícil de esperar secar depois, e quando a água acumula por baixo pode ter um efeito semelhante ao que eu falei acima.

Um exemplo interessante disso eu vi nesse tópico aqui sobre um Phoenix and Beau. Esse é um sabão bastante gordo e macio, então pode acontecer o que citei acima. Como a estrutura do sabão mudou um pouco puderam ser formados esses pontos brancos (chamados de estearic spots), que são acúmulos de ácido esteárico do sabão se separando um pouco do restante da mistura. Isso não estraga o sabão nem nada do tipo, é misturar de novo que volta ao normal, mas dá pra perceber que podem acontecer alterações na estrutura. Isso é mais comum principalmente em croaps macios e gordos em locais quentes. Uma coisa dessas não vai acontecer com um triple milled que é bem duro. Mas ele pode vir a ficar mais molenga.

Como disse isso não estraga o sabão, mas pode alterar um pouco como ele vai funcionar.

A outra coisa que pode acontecer é que é o problema. Os processos de oxidação ocorrem sempre. Mas em presença de água ele é muito mais facilitado. Quanto mais água mais fácil de oxidar as coisas. Dois exemplos bem simples, as lâminas (sejam DE ou navalhas) e a palha de aço. Se deixar molhada começa a oxidar bem mais rápido. Novamente como disse acima, só de molhar a superfície do sabão isso não vai acontecer, longe disso. Demora. Mas se começar a acumular agua no sabão por alguma razão, seja por guardar molhado, seja por acumulo em baixo ou outra coisa isso passa a ser uma possibilidade. A oxidação pode interferir na performance do sabão no aroma e por aí vai...

Mas bem, tudo isso que falei são exageros. Dificilmente vão acontecer com alguém. Só deixar secar o sabão bem e nada de ruim vai acontecer.
Mas eu prefiro sempre ir pelo lado da precaução com meus itens. Então EU evito água o máximo que posso para evitar problemas o máximo que posso nos meus itens. Faço a mesma coisa com a SR por exemplo, depois cada uso sempre lavo e deixo secando aberta, sejam elas cromadas, niqueladas, de inox... Sempre procuro evitar problemas, desde que não interfiram no meu prazer em barbear.



Então resumindo a minha opinião sobre o assunto.
Fazer o blooming ou apenas molhar a superfície do sabão vai estragar ele? Claro que não! É só deixar secar que não dá nada.
Embora deixar MUITO molhado por muito tempo possa vir sim a interferir um pouco no seu comportamento, principalmente em um croap, mas apenas em caso exagerados.
Eu não vejo vantagem nisso então pensando os pro e contras não faço com os meus. Simples assim.
E isso é só a minha opinião sobre o assunto, que é só isso mesmo, minha opinião.

Responder



Lingua:
Tema: