Registrar-se

Palmindaya... from Brazil [emoji1054]
eduardo
Surfista ponta prateada
***

Posts: 1,088
Juntou-se: Dec 2016
Reputação: 9
#31
11-08-2019, 09:40 PM

Interessantes observações Rodrigo, dos que encontramos por aqui acho que o Fix Modell seja o melhor mesmo, mas perceba que sempre tem um "MAS" depois da observação do desempenho (que é a única coisa em que podem minimamente concorrer com outros produtos): é melhor que os cremes tal e tal, MAS "o aroma é incrivelmente sem graça e a apresentação bem datada". O desempenho é melhor, MAS "novamente perdendo feio em aroma e apresentação". Isso e aquilo, MAS "cheiros inferiores e embalagens fracas", ... fora tudo o que já foi dito.

Me incomoda essa falta de interesse em ofertar produtos melhores e, não mudarem sabendo que possuem produtos inferiores, só prova o descaso. Não terem outros concorrentes, PRA MIM, não é motivo para apresentarem os produtos que apresentam. Se não há concorrência, melhor ainda, tratem de melhorar e modernizar o seu produto, ou acabarão como uma Paz em Gaia da vida. Usar só porque é "brazuca"? Comigo não! Como você mesmo falou: "Os melhores aromas não estão aqui, os melhores desempenhos não estão aqui".

E isso só falando de creme hein, se entrarmos em pós e hardware... aí a coisa fica mais feia que o pote do Palmindaya kkkk.


(11-08-2019, 05:26 PM)Gago Escreveu: Só para lhe dizer; não se acha creme veleiro em qualquer lugar à alguns anos. Até porque foi descontinuado, e mesmo antes não era qualquer superfície que os vendia.

Lavanda sim encontra-se em praticamente qualquer lugar.

Sim, eu acompanhei no BC algo a respeito do Veleiro, mas este e o Lavanda foram apenas dois pequenos exemplos, vejo fotos de drogarias em Portugal onde é possível comprar materiais que no Brasil só temos acesso importando. O "em qualquer lugar" eu quis dizer que é mais fácil encontrar variedades aí do que aqui, não era no sentido literal.

Nas aquisições de Março você postou a compra de um Floid 400ml, no BC vemos o pessoal comprar no mesmo lugar La Toja, Palmolive, Semogues, Denim ... e esse é em 1 lugar de vários possíveis que encontramos esses produtos. Já imaginou isso no Brasil? kkkk não né! Aqui você sai com 100ml de Bozzano ou Nívea a 35 reais cada dependendo do lugar (sim, eu sei que é possível encontrarmos Palmindaya ou Beira Alta por preços mais baixos, mas vamos com calma...), eu pagaria sorrindo 10 euros nesse Floid como você pagou.

Responder
Sergio Donnini
Tateando o Thater
***

Posts: 1,201
Juntou-se: Jun 2018
Reputação: 14
#32
11-08-2019, 10:07 PM

O resumo da ópera é o seguinte: o Barbear Tradicional não é popular aqui por estas bandas. Ponto. Muito pelo contrário. Caso fosse, as drogarias e supermercados estariam infestadas de cremes e todo sortilégio de produtos para barbear, teríamos empresas nacionais investindo na fabricação de SR, pincéis e afins.

Pra que a Palmindaya vai investir numa nova roupagem se, como bem disse o Rodrigo, praticamente não há concorrência? Idem para a Fix-Modell. O mercado em que estas empresas atuam não exige isso.

O nosso modelo de negócio é baseado em barbeadores descartáveis e espuma enlatada. Nada contra, pois é assim que as empresas aqui ganham dinheiro.

Não consegui convencer nem meu pai e meu sogro, pessoas acima de 60 anos, a voltarem ao BT. Ambos já foram usuários de SR e não querem nem saber mais disso.

Em suma: há pouca oferta de produtos aqui porque há pouca demanda. Simples assim. E nenhuma empresa quer perder dinheiro entrando num mercado que não tem público consumidor. E mesmo assim, em questão de software, existem produtos honestos e baratos que dão conta muito bem do recado para quem gosta do hobby e não quer ou não pode gastar muita grana com isso. Creio que este Fórum é extremamente heterogêneo, onde existem pessoas que podem gastar 300 dólares numa SR, por exemplo, e aqueles que não tem condições. Pra essas, produtos como os Palmindaya são extremamente bem-vindos. Não podemos tomar nossa experiência particular como coletiva. Nem todos podem importar.

“Esperar que a vida lhe trate bem porque você é uma boa pessoa, é como esperar que um tigre não te ataque porque é vegetariano.” (Bruce Lee)

Responder
rodrigoqui
Desejo de raspar
****
administrators

Posts: 2,775
Juntou-se: Aug 2015
Reputação: 17
#33
11-08-2019, 10:24 PM

Mas aí só tem um detalhe, o mercado de barbear no Brasil é GIGANTESCO!
O mercado do barbear "premium" é que é pequeno.
E porque eu digo gigantesco? Vcs já entraram em uma farmácia ou mercado sem algum creme de barbear ou lâminas?
Tem e tem muito!
O problema é as coisas boas não vem pra cá...

Imagina se por um acaso chega Proraso no Brasil. Se viesse num preço justo, e mesmo com impostos o creme não passasse dos R$30 reais, que já é mais do que custa na europa. Ia vender tremendamente. Brasileiro adora coisa importada! Palmolive então? Se viesse chegaria por volta dos 10-15 reais no máximo. Ia vender muito. Talvez menos que o proraso pelo nome, mas certamente ia vender bem.

Olha o tanto que a bozzano vende, só uma fatia desse mercado já seria algo grande.

O que não entendo é pq não veem pra cá. Não consigo imaginar.
Pagar a aprovação da anvisa é tranquilo para empresas desse porte e esse é o maior entrave que os produtores menores tem. Rede de distribuição não seria difícil, ainda mais pra palmolive que já tem aqui. Sinceramente não sei q não vem...

Responder
Ivan Reis
Na idade do Condor
*

Posts: 207
Juntou-se: Jan 2019
Reputação: 0
#34
11-08-2019, 10:25 PM

(11-08-2019, 10:07 PM)Sergio Donnini Escreveu: O resumo da ópera é o seguinte: o Barbear Tradicional não é popular aqui por estas bandas. Ponto. Muito pelo contrário. Caso fosse, as drogarias e supermercados estariam infestadas de cremes e todo sortilégio de produtos para barbear, teríamos empresas nacionais investindo na fabricação de SR, pincéis e afins.

Pra que a Palmindaya vai investir numa nova roupagem se, como bem disse o Rodrigo, praticamente não há concorrência? Idem para a Fix-Modell. O mercado em que estas empresas atuam não exige isso.

O nosso modelo de negócio é baseado em barbeadores descartáveis e espuma enlatada. Nada contra, pois é assim que as empresas aqui ganham dinheiro.

Não consegui convencer nem meu pai e meu sogro, pessoas acima de 60 anos, a voltarem ao BT. Ambos já foram usuários de SR e não querem nem saber mais disso.

Em suma: há pouca oferta de produtos aqui porque há pouca demanda. Simples assim. E nenhuma empresa quer perder dinheiro entrando num mercado que não tem público consumidor. E mesmo assim, em questão de software, existem produtos honestos e baratos que dão conta muito bem do recado para quem gosta do hobby e não quer ou não pode gastar muita grana com isso. Creio que este Fórum é extremamente heterogêneo, onde existem pessoas que podem gastar 300 dólares numa SR, por exemplo, e aqueles que não tem condições. Pra essas, produtos como os Palmindaya são extremamente bem-vindos. Não podemos tomar nossa experiência particular como coletiva. Nem todos podem importar.


Eu sinceramente tenho dúvidas se o Barbear Tradicional é atualmente popular em algum lugar do mundo....

Responder
Sergio Donnini
Tateando o Thater
***

Posts: 1,201
Juntou-se: Jun 2018
Reputação: 14
#35
11-08-2019, 10:36 PM

(11-08-2019, 10:24 PM)rodrigoqui Escreveu: Mas aí só tem um detalhe, o mercado de barbear no Brasil é GIGANTESCO!
O mercado do barbear "premium" é que é pequeno.
E porque eu digo gigantesco? Vcs já entraram em uma farmácia ou mercado sem algum creme de barbear ou lâminas?
Tem e tem muito!
O problema é as coisas boas não vem pra cá...

Imagina se por um acaso chega Proraso no Brasil. Se viesse num preço justo, e mesmo com impostos o creme não passasse dos R$30 reais, que já é mais do que custa na europa. Ia vender tremendamente. Brasileiro adora coisa importada! Palmolive então? Se viesse chegaria por volta dos 10-15 reais no máximo. Ia vender muito. Talvez menos que o proraso pelo nome, mas certamente ia vender bem.

Olha o tanto que a bozzano vende, só uma fatia desse mercado já seria algo grande.

O que não entendo é pq não veem pra cá. Não consigo imaginar.
Pagar a aprovação da anvisa é tranquilo para empresas desse porte e esse é o maior entrave que os produtores menores tem. Rede de distribuição não seria difícil, ainda mais pra palmolive que já tem aqui. Sinceramente não sei q não vem...


Essas empresas, principalmente gigantes como Colgate-Palmolive, fazem estudos de mercado pra tudo.

Se não entraram nesse segmento, é porque constataram que não vale a pena. Caso contrário, já teriam mergulhado de cabeça.

O mercado de barbear no Brasil é gigantesco sim mas, na minha opinião, para produtos descartáveis. Eu nunca encontrei lâminas double edge, por exemplo, em grandes redes de drogarias e duvido que alguém já tenha encontrado. Em farmácias de bairro até se encontra.

Infelizmente, a realidade do Fórum não é a realidade do mercado brasileiro. Gostaria que fosse. Gostaria de encontrar Proraso nas farmácias, de encontrar lâminas nos supermercados, mas não creio que isso acontecerá algum dia, pelo menos não a curto e médio prazos.

(11-08-2019, 10:25 PM)Ivan Reis Escreveu:
(11-08-2019, 10:07 PM)Sergio Donnini Escreveu: O resumo da ópera é o seguinte: o Barbear Tradicional não é popular aqui por estas bandas. Ponto. Muito pelo contrário. Caso fosse, as drogarias e supermercados estariam infestadas de cremes e todo sortilégio de produtos para barbear, teríamos empresas nacionais investindo na fabricação de SR, pincéis e afins.

Pra que a Palmindaya vai investir numa nova roupagem se, como bem disse o Rodrigo, praticamente não há concorrência? Idem para a Fix-Modell. O mercado em que estas empresas atuam não exige isso.

O nosso modelo de negócio é baseado em barbeadores descartáveis e espuma enlatada. Nada contra, pois é assim que as empresas aqui ganham dinheiro.

Não consegui convencer nem meu pai e meu sogro, pessoas acima de 60 anos, a voltarem ao BT. Ambos já foram usuários de SR e não querem nem saber mais disso.

Em suma: há pouca oferta de produtos aqui porque há pouca demanda. Simples assim. E nenhuma empresa quer perder dinheiro entrando num mercado que não tem público consumidor. E mesmo assim, em questão de software, existem produtos honestos e baratos que dão conta muito bem do recado para quem gosta do hobby e não quer ou não pode gastar muita grana com isso. Creio que este Fórum é extremamente heterogêneo, onde existem pessoas que podem gastar 300 dólares numa SR, por exemplo, e aqueles que não tem condições. Pra essas, produtos como os Palmindaya são extremamente bem-vindos. Não podemos tomar nossa experiência particular como coletiva. Nem todos podem importar.


Eu sinceramente tenho dúvidas se o Barbear Tradicional é atualmente popular em algum lugar do mundo....


Nunca chegará nem perto da popularidade do barbear “fast-food”, mas tem seu público em número suficiente para as empresas realizarem investimentos.

Aqui no Brasil não. Somos alguns poucos abnegados que ainda resistem.

“Esperar que a vida lhe trate bem porque você é uma boa pessoa, é como esperar que um tigre não te ataque porque é vegetariano.” (Bruce Lee)

Responder
rodrigoqui
Desejo de raspar
****
administrators

Posts: 2,775
Juntou-se: Aug 2015
Reputação: 17
#36
11-08-2019, 10:44 PM

Aqui na minha região pelo menos e em todas cidades que costumo ir não tem um mercado ou farmácia, seja pequeno ou grande, que não tenha pelo menos cremes Bozzano e lâminas wilkinson.

Responder
Ivan Reis
Na idade do Condor
*

Posts: 207
Juntou-se: Jan 2019
Reputação: 0
#37
11-08-2019, 10:51 PM

Olha o maior colecionador de material de WS que conheço aqui do Brasil não está em nenhum fórum.

Um dos maiores conhecedores de WS que conheço também não. E este tem um grupo grande de amigos, todos do WS e nenhum em fórum.

O amigo que me apresentou este mundo de WS também não está em nenhum fórum.

Este mundo é maior do que pensamos. Mesmo aqui no Brasil.

Responder
Sergio Donnini
Tateando o Thater
***

Posts: 1,201
Juntou-se: Jun 2018
Reputação: 14
#38
11-08-2019, 10:51 PM

(11-08-2019, 10:44 PM)rodrigoqui Escreveu: Aqui na minha região pelo menos e em todas cidades que costumo ir não tem um mercado ou farmácia, seja pequeno ou grande, que não tenha pelo menos cremes Bozzano e lâminas wilkinson.


Creme Bozzano eu encontro com facilidade, mas lâminas Wilkinson nem em sonho.

Certo dia entrei numa Droga Raia e perguntei, até por desencargo de consciência, se havia “Gillettes” à venda. A atendente me olhou com uma cara de espanto e indagou se eu estava me referindo àquelas lâminas de caixinha. Eu disse “Sim, são estas mesmas”. Resposta: “Não trabalhamos com essas lâminas a muitos anos. Aqui o senhor não vai encontrar.”

“Esperar que a vida lhe trate bem porque você é uma boa pessoa, é como esperar que um tigre não te ataque porque é vegetariano.” (Bruce Lee)

Responder
eduardo
Surfista ponta prateada
***

Posts: 1,088
Juntou-se: Dec 2016
Reputação: 9
#39
12-08-2019, 12:45 AM

E tem isso também que o Ivan comentou, certamente esse "estilo tradicional" não se conta pela quantidade de pessoas que conhecemos ou a uns 50 ou 100 membros ativos de um fórum, é muito mais abrangente que isso.

"há pouca oferta de produtos aqui porque há pouca demanda", a leitura também pode ser que há pouca demanda porque há pouca oferta, as pessoas não procuram primeiro, lhes é oferecido primeiro. Ao que sabemos Steve Jobs disse: "As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a elas."

No meu achismo, o Brasil tem mercado sim para um WS mais abrangente, países menores tem, não acho que temos um público tão insignificante assim. E é compreensível que as pessoas que passaram pelo barbear tradicional como os nossos pais e avós não queiram retornar para esse estilo, talvez achem que usarão as mesmas coisas que usavam no passado (Palmindaya quem sabe).

Muitos aqui saíram das multilâminas e enlatados para começar no WS com uma Sr Mundial ou Super Barba e um pincel Ricca, mas tenho certeza que não permaneceram com estes hardwares. Em post anterior o Sergio comenta: "E mesmo assim, em questão de software, existem produtos honestos e baratos que dão conta muito bem do recado", nesse caso eu empresto as suas palavras: "não concordo [...], mas enfim... cada qual com sua opinião".

Responder
Joabi
Tudo Azul Inox
**

Posts: 944
Juntou-se: Jul 2017
Reputação: 9
#40
12-08-2019, 01:17 AM

Interessante o rumo que este tópico tomou.

Acho que pensar somente em mercado local é coisa de brasileiro. WS é, facilmente, algo que dá para pensar de forma global.
O Brasil tem potencial gigantesco de consumo, mas, se dá para crescer mais, por que não?

Entre as empresas estrangeiras, acho que não conheço nenhuma que fica vendendo somente em seu país de origem, sem estratégia de distribuição internacional. E estou pensando em países pequenos e pobres, com parque industrial muito complicado, como Turkia, Paquistão, Egito... se for analisar os produtores artesanais, então... todo mundo exportando e vendendo online.

Outro ponto é o atendimento ao cliente, que costuma ser fraco, quando não inexistente, em qualquer segmento do nosso comércio. Tradição brasileira também.

Só para concluir, mas com uma informação relevante, alguns produtos que encontramos em abundância nas farmácias não são feitos aqui. Creme Nivea é feito no Chile e México... acredito que Gillette e BIC tenham produtos feitos fora também. Bozzano é nacional de verdade, acredito que Palmindaya e Fix Modell também.

Apresentação do produto e aroma são extremamente importantes para quem quer expandir os negócios, talvez mais que a própria performance do produto. A gente quer presentear um confrade, mas fica até com vergonha. Fica com medo de acharem que a gente quer se livrar daquele produto feio e mal-cheiroso (e às vezes quer se livrar mesmo... Big Grin ).

.

Responder



Lingua:
Tema: